Modal Aplicativo Modal Whatsapp

'Fake News faz parte da nossa vida. Não precisamos regular', diz Bolsonaro - ISTOÉ Independente

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta terça-feira (14) que as fake news fazem parte da nossa vida, e comparou com uma “mentirinha para a namorada” em uma cerimônia no Palácio do Planalto. As informações são da Folha. “Fake news faz parte da nossa vida. Quem nunca contou uma mentirinha para a namorada? Se […]

COMPARTILHE:

2021-09-15 06:00:08

Isto é

Brasil

Da Redação

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta terça-feira (14) que as fake news fazem parte da nossa vida, e comparou com uma “mentirinha para a namorada” em uma cerimônia no Palácio do Planalto. As informações são da Folha.

“Fake news faz parte da nossa vida. Quem nunca contou uma mentirinha para a namorada? Se não contasse, a noite não ia acabar bem. (…) Muitas vezes erramos, quem nunca errou, né, no palavreado? Às vezes custa caro para a gente. Mas é melhor viver assim, como a imprensa, melhor viver assim, em liberdade, do que não ter liberdade”, disse o presidente.

Bolsonaro também afirmou que não é necessário regular o tema das fake news, e que elas são “que nem um apelido, cai por si só”.

“Não precisamos regular isso aí. Deixemos o povo à vontade. Obviamente, quando se vai para a pedofilia e outras coisas, não tem cabimento. Isso não é fake news, é crime”, disse Bolsonaro.

Tópicos

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta terça-feira (14) que as fake news fazem parte da nossa vida, e comparou com uma “mentirinha para a namorada” em uma cerimônia no Palácio do Planalto. As informações são da Folha.

“Fake news faz parte da nossa vida. Quem nunca contou uma mentirinha para a namorada? Se não contasse, a noite não ia acabar bem. (…) Muitas vezes erramos, quem nunca errou, né, no palavreado? Às vezes custa caro para a gente. Mas é melhor viver assim, como a imprensa, melhor viver assim, em liberdade, do que não ter liberdade”, disse o presidente.

Bolsonaro também afirmou que não é necessário regular o tema das fake news, e que elas são “que nem um apelido, cai por si só”.

“Não precisamos regular isso aí. Deixemos o povo à vontade. Obviamente, quando se vai para a pedofilia e outras coisas, não tem cabimento. Isso não é fake news, é crime”, disse Bolsonaro.

COMPARTILHE:

COMENTÁRIOS

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Enviar