Venda de desodorante cai na pandemia

Isolamento social reduz uso do produto e consumidor neste ano busca marcas mais baratas

COMPARTILHE:

2021-11-25 11:24:11

Valor Economico

Isabella Zakzuk, da P&G Brasil, que aposta na consumidora disposta a pagar até R$ 25 por um desodorante: “Categoria pode crescer em entrega de qualidade” — Foto: Ana Paula Paiva/Valor

O isolamento social pesou sobre as vendas de desodorantes. No ano passado, as vendas caíram 2,9%, para R$ R$ 11,59 bilhões, e para este ano é projetada retração de 1,9%, segundo a consultoria Euromonitor. Pesquisa da NielsenIQ mostra queda na penetração do produto nos lares brasileiros, passando de 95,6% em 2019 para 92,2% no ano seguinte. Agora, o retorno gradual à vida fora de casa impulsiona as vendas, mas o horizonte não é de um mar de rosas.

COMPARTILHE:

COMENTÁRIOS

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Enviar