Juiz detalha métodos e objetivos do Fórum Jurídico de Lisboa

A ideia por trás de um evento acadêmico é reunir pessoas interessantes em torno de temas interessantes e, assim, proporcionar um diálogo propositivo que traga impactos para a sociedade. A grande finalidade é difundir conhecimento e provocar inovação e reflexões. Juiz Atalá CorreiaIDP...

Consultor Jurídico

2022-07-03 19:24:08

COMPARTILHE:

A ideia por trás de um evento acadêmico é reunir pessoas interessantes em torno de temas interessantes e, assim, proporcionar um diálogo propositivo que traga impactos para a sociedade. A grande finalidade é difundir conhecimento e provocar inovação e reflexões.

Quem explica é o juiz Atalá Correia, organizador do Fórum Jurídico de Lisboa. A décima edição do evento, trazido pelo Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP), ocorreu nesta semana em Portugal.

Segundo ele, ao se planejar um evento, é preciso imaginar os diversos painéis a serem distribuídos ao longo do dia e que tipo de perguntas serão feitas aos expositores convidados, 'de modo que eles possam dialogar em volta de problemas comuns, propondo soluções que tenham impacto prático e melhorias nas vidas de todas as pessoas'. Os palestrantes devem trazer perspectivas diversas, às vezes antagônicas, para garantir pluralidade ao evento.

Correia explicou que o Fórum de Lisboa focou em debates públicos, com repercussão em jornais, sobre os rumos do país, tais como o semipresidencialismo, aprimoramentos na legislação, melhorias nos tribunais, impactos ambientais, saneamento, pobreza, representação política das mulheres etc.

O X Fórum Jurídico de Lisboa contou com o apoio da FGV Conhecimento, do Instituto Brasileiro da Insolvência (Ibajud), do Instituto para Reforma das Relações entre Estado e Empresa (IREE) e do escritório Décio Freire Advogados.

Clique aqui para assistir à entrevista ou veja abaixo:

COMPARTILHE:

COMENTÁRIOS

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Enviar