Datafolha em SP: Haddad tem 34%; Tarcísio, 23%, e Rodrigo Garcia, 19%

Os dois principais nomes oscilaram dentro da margem de erro em comparação à pesquisa anterior, do dia 15 de setembro. Haddad oscilou negativamente dois pontos porcentuais e Tarcísio oscilou um ponto para cima

Correio Brasiliense

2022-09-23 01:15:13

COMPARTILHE:

O ex-prefeito Fernando Haddad (PT) lidera as pesquisas de intenção de voto para o Palácio dos Bandeirantes, segundo a nova pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira, 22. Ele tem 34% da preferência dos eleitores e é seguido pelo ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas (Republicanos), com 23%, e o governador do Estado e candidato à reeleição, Rodrigo Garcia (PSDB), que tem 19% - ambos tecnicamente empatados no limite da margem de erro.

Gabriel Colombo (PCB), Carol Vigliar (UP), Elvis Cezar (PDT), Antonio Jorge (DC) e Edson Dorta (PCO) têm 1%. Altino Júnior (PSTU) e Vinicius Poit (Novo) não pontuaram. Brancos e nulos somam 11%. 9% disseram não saber em quem votar.

Os dois principais nomes oscilaram dentro da margem de erro em comparação à pesquisa anterior, do dia 15 de setembro. Haddad oscilou negativamente dois pontos porcentuais e Tarcísio oscilou um ponto para cima. Garcia manteve o mesmo número.

O ex-prefeito mantém vantagem ante Tarcísio e Garcia num possível segundo turno, mas apresentou oscilações negativas. Contra o ex-ministro da Infraestrutura, ele tem 49% - aparece cinco pontos abaixo - ante 38%, oscilação de dois pontos para cima. Numa disputa contra o atual governador, Haddad tem 46% - oscilação negativa de um ponto - ante 41%, o mesmo número que Garcia tinha.

A aprovação do atual governo apareceu quatro pontos abaixo em relação à pesquisa anterior. Agora, 27% dos entrevistados dizem que Garcia uma ótima ou boa gestão do Estado. 46% (antes, 42%) dizem que o candidato à reeleição faz um governo regular e 15% (antes, 13%) reprovam a atuação do governador.

A pesquisa, contratada pela Folha de S.Paulo e pela Globo, foi realizada entre 20 e 22 de setembro e entrevistou 2 mil eleitores presencialmente em 86 municípios. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número SP-07041/2022. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

COMPARTILHE:

COMENTÁRIOS

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Enviar