Encarando forte concorrência, Raphinha lamenta gols perdidos na estreia

Em sua estreia em Copas, atacante do Barcelona cumpriu importante papel tático e se apresentou para o jogo, mas pecou nas finalizações

Veja

2022-11-25 11:30:13

COMPARTILHE:

LUSAIL – O atacante Raphinha saiu vitorioso em sua estreia em Copas do Mundo, mas não deixou o estádio de Lusail plenamente satisfeito. O jogador do Barcelona lamentou as chances que desperdiçou na vitória por 2 a 0 do país diante da Sérvia na última quinta-feira, 24, mas se disse tranquilo para a sequência do trabalho, mesmo diante de forte concorrência no setor na seleção brasileira.

Raphinha desempenhou importante papel tático e se mostrou disponível o tempo todo, no ataque e na defesa, mas desperdiçou ao menos duas chances claras de gol ao bater em cima do goleiro sérvio Vanja Milikovic-Savic.

“O que que passaria na tua cabeça se perdesse aquele chance? Eu quero fazer gol todos em jogos, sei da dificuldade que é ter uma chance como essa, é normal baixar a cabeça naquele momento, pensar que poderia acontecer mil e um lances para poder fazer o gol. Infelizmente não consegui, mas vou trabalhar no outro para fazer”, disse, na zona mista.

O jogador gaúcho de 25 anos, no entanto, elogiou a postura de toda a equipe. “O importante era vencer. Sabíamos que vão ser jogos difíceis e vamos ter que sofrer alguns jogos para vencer. Hoje soubemos sofrer em alguns momentos para depois ter tranquilidade.”

Raphinha, que no último ano ganhou a confiança e titularidade de Tite com gols e disciplina tática, enfrenta forte concorrência no setor. Também canhoto e driblador, Antony é o principal candidato, mas Gabriel Jesus e Rodrygo também poderiam desempenhar a função. Os três entraram no triunfo contra a Sérvia.

O próximo duelo do Brasil acontece na segunda-feira, 28, diante da Suíça, que também venceu na estreia, no estádio 974.

 

COMPARTILHE:

COMENTÁRIOS

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Enviar